MAIS VENDIDO 1º em Câmeras de Segurança Kit 2 Câmera Ip Wifi Dome Rotativa Visão Noturna A8 Cor Branco

Tecnologias PromissorasComo se proteger na InternetComportamento na InternetCuriosidadesDemocratização da InternetInternetTecnologia

Web3: Uma nova era para a internet

Novo | +10mil vendidos Fone De Ouvido Sem Fio Xiaomi Redmi Airdots 2 Preto MAIS VENDIDO 3º em Fones e Kits Viva Voz Fone De Ouvido Sem Fio Xiaomi Redmi Airdots 2 Preto
64 / 100

Web3: Uma nova era para a internet

Web3: A internet do futuro

A internet que conhecemos hoje, a Web2, é uma plataforma centralizada, controlada por grandes empresas como Google, Facebook e Amazon. Essas empresas controlam o acesso aos dados dos usuários, o que levanta preocupações sobre privacidade, segurança e censura.

A Web3 é uma proposta de reformulação da internet que se baseia em tecnologias descentralizadas. Na Web3, os dados dos usuários são armazenados em uma rede distribuída, o que dificulta o controle por uma única entidade.

1

Curiosidade 1: A Web3 é uma evolução da Web2

A Web2 é uma plataforma aberta, mas não é descentralizada. Os dados dos usuários são armazenados em servidores controlados por empresas privadas. Isso significa que essas empresas têm acesso a esses dados e podem usá-los para fins comerciais ou de vigilância.

A Web3, por outro lado, é uma plataforma descentralizada. Os dados dos usuários são armazenados em uma rede distribuída, o que dificulta o controle por uma única entidade. Isso significa que os usuários têm mais controle sobre seus dados e são menos suscetíveis à vigilância.

Curiosidade 2: A Web3 é baseada em tecnologias descentralizadas

A Web3 se baseia em tecnologias descentralizadas, como blockchain, criptomoedas e contratos inteligentes. Essas tecnologias permitem que os usuários interajam entre si sem a necessidade de um intermediário confiável.

22

O blockchain é uma tecnologia que permite a criação de um registro de transações seguro e transparente. As criptomoedas são moedas digitais que usam o blockchain para registrar as transações. Os contratos inteligentes são contratos que são executados automaticamente quando certas condições são atendidas.

Curiosidade 3: A Web3 ainda está em desenvolvimento

A Web3 ainda está em desenvolvimento, mas já existem alguns exemplos de aplicações em funcionamento. Por exemplo, o DeFi (financeiro descentralizado) permite que os usuários façam transações financeiras sem a necessidade de um banco. O NFT (token não fungível) permite que os usuários autentiquem e negociem ativos digitais.

A Web3 tem o potencial de revolucionar a forma como interagimos com a internet. Ela pode nos dar mais controle sobre nossos dados, reduzir a censura e promover a transparência.

Curiosidade 4: A Web3 pode ser usada para construir uma internet mais democrática

A Web3 pode ser usada para construir uma internet mais democrática. Na Web2, os grandes players do setor de tecnologia têm muito poder sobre o que as pessoas veem e ouvem. Eles podem controlar o acesso à informação e promover seus próprios interesses.

10

Na Web3, os usuários têm mais controle sobre o que veem e ouvem. Eles podem participar de projetos de código aberto e contribuir para o desenvolvimento da internet.

Curiosidade 5: A Web3 pode ser usada para construir uma internet mais inclusiva

A Web2 é uma plataforma que pode ser excludente. Pessoas de baixa renda ou que vivem em países em desenvolvimento podem ter dificuldade de acessar a internet ou usar os serviços oferecidos.

A Web3 pode ser usada para construir uma internet mais inclusiva. Ela pode ser usada para criar serviços que sejam acessíveis a todos, independentemente da renda ou localização.

Conclusão

A Web3 ainda é uma tecnologia emergente, mas tem o potencial de revolucionar a forma como interagimos com a internet. Ela pode nos dar mais controle sobre nossos dados, reduzir a censura e promover a transparência.

14

É importante ressaltar que a Web3 também apresenta alguns desafios, como a segurança e a escalabilidade. No entanto, esses desafios estão sendo trabalhados por pesquisadores e desenvolvedores de todo o mundo.

Algumas curiosidades adicionais

  • O termo “Web3” foi cunhado pelo cofundador do Ethereum, Gavin Wood, em 2014.
  • A Web3 é frequentemente comparada à internet original, a Web1, que era uma plataforma descentralizada.
  • Alguns dos principais defensores da Web3 incluem o cofundador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto, e o cofundador do Ethereum, Vitalik Buterin.

O que você acha da Web3? Você acredita que ela tem o potencial de revolucionar a internet?

Artigos relacionados

Deixe um comentário