Criação, Repaginação, Gerenciamento, Hospedagem, Registro de domínio

FAQ - Perguntas Frequentestome nota

1- Pensar em um nome para registro de domínio, normalmente o nome de sua empresa ou negócio, ou algo que aproxime-se o máximo de sua atividade.

C1022 – Para tanto, – é necessário a consulta da disponibilidade do nome pretendido para registro do domínio. Em muitos casos não está disponível, é necessário chegar-se então a um meio termo. Consulte-nos! Vamos ver o que pode ser feito. Uma coisa é certa, quanto mais tempo se leva para fazer um registro, menor será a possibilidade de registro, diariamente são registrados milhares de domínios. Tenha agilidade no processo, a chance de lograr êxito será bem maior. Fazemos para você, consulte-nos! Pense, o nome pode ser de fácil memorização, pequena, de fácil digitação, muitas pessoas tem dificuldade em memorizar, digitar, seja simples, seja objetivo.

3 – Após o registro do domínio, é necessário dar hospedagem ao domínio, consulte-nos. Damos hospedagem para você.

4 – Criação do site.

Pode ser um programa de computador responsável por aceitar pedidos HTTP de clientes, geralmente os navegadores, e servi-los com respostas HTTP, incluindo opcionalmente dados, que geralmente são páginas web, tais como documentos HTML com objetos embutidos (imagens, etc.) ou um computador que executa um …

Web é uma palavra inglesa que significa teia ou rede. O significado de web ganhou outro sentido com o aparecimento da internet. A web passou a designar a rede que conecta computadores por todo mundo, a World Wide Web (WWW). Web pode ser uma teia de aranha ou um tecido e também se utiliza para designar uma trama ou intriga.
A web significa um sistema de informações ligadas através de hipermídia (hiperligações em forma de texto, vídeo, som e outras animações digitais) que permitem ao usuário acessar uma infinidade de conteúdos através da internet. Para tal é necessário ligação à internet e um navegador (browser) onde são visualizados os conteúdos disponíveis. São exemplos de navegadores: Google Chrome, Safari, Mozilla Firefox, Internet Explorer, Opera, etc.

Fonte:

http://www.significados.com.br/browser/

Browser é um programa desenvolvido para permitir a navegação pela web, capaz de processar diversas linguagens, como HTML, ASP, PHP. Sua interface vai variar de acordo com a marca, onde quem escolhe é o usuário.

Em inglês, o verbo browse pode significar procurar ou olhar casualmente para alguma coisa. Assim, o browser é um navegador, que permite que o utilizador encontre o que procura na internet.

O browser ou web browser é responsável pela comunicação com os servidores, é ele que processa os dados recebidos pelos servidores da Internet e processa as respostas. Antigamente, os primeiros browsers tinham apenas texto, mas com o tempo foram aperfeiçoados, foram criados mecanismos para interagir com o usuário, com interfaces rápidas, coloridas e de fácil acesso.

O primeiro browser foi o WorldWideWeb, criado em 1990, e pouco tempo depois, vieram os outros. Os principais browsers são o Internet Explorer, que surgiu em 1995, e até pouco tempo era o browser líder no mundo, mas acabou perdendo lugar para outros, como o Safari, lançado em 2003 pela Apple, o Mozzila Firefox, criado em 2004 e o Google Chrome, disponibilizado em 2008, pelo Google.

Todos os navegadores tem a mesma função, possibilitar o uso da Internet pelo usuário, mas eles são diferentes, alguns são mais rápidos e ágeis, outros são mais modernos e com novas técnicas, e atualmente todos estão em uma disputa para a maior participação do mercado.

Os browsers contêm plugins, que podem ser instalados, que ativam diversas novas funcionalidades, permitindo que o utilizador tenha acesso a diferentes tipos de conteúdos e aplicativos.

Um jogo browser (ou browser game) é um jogo que pode ser jogado online, através do browser que é usado para navegar.

Fonte:

http://www.significados.com.br/browser/

WWW é a sigla para World Wide Web, que significa rede de alcance mundial, em português.

O www é um sistema em hipermídia, que é a reunião de várias mídias interligadas por sistemas eletrônicos de comunicação e executadas na Internet, onde é possível acessar qualquer site para consulta na Internet. A tradução literal de world wide web é “teia em todo o mundo” ou “teia do tamanho do mundo”, e indica a potencialidade da internet, capaz de conectar o mundo, como se fosse uma teia.

A Web funciona através de três parâmetros: a URL, que especifica o endereço único que cada página vai receber, e é como ela vai ser encontrada quando os usuários digitarem; HTTP, que é um protocolo de comunicação que permite a transferência de informação entre redes; e HTML, que é um método de codificar a informação da internet, para ser exibida de diversas maneiras.

História da sigla www
A internete nasceu como uma rede fechada, nos anos 60, com o nome de Aparnet. Criada em laboratórios militares dos Estados Unidos, servia para trocar informações entre computadores do governo. Só em 1989 a proposta ganhou a característica que conhecemos hoje com o surgimento do www (Word Wide Web). Desenvolvido pelo físico inglês Tim Berners-Lee, nos laboratórios da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (Cern), o www estabeleceu uma linguagem padrão para a circulação de dados na rede, permitindo que qualquer computador, de qualquer parte do planeta, tivesse livre acesso ao mundo virtual.

Fonte:

http://www.significados.com.br/browser/

Blog é uma palavra que resulta da simplificação do termo weblog. Este, por sua vez, é resultante da justaposição das palavras da língua inglesa web e log. Web aparece aqui com o significado de rede (da internet) enquanto que log é utilizado para designar o registro de atividade ou desempenho regular de algo. Numa tradução livre podemos definir blog como um diário online.
Blogs são páginas da internet onde regularmente são publicados diversos conteúdos, como textos, imagens, músicas ou vídeos, tanto podendo ser dedicados a um assunto específico como ser de âmbito bastante geral. Podem ser mantidos por uma ou várias pessoas e têm normalmente espaço para comentários dos seus leitores. Blogueiro é o nome dado a quem publica num blog e blogosfera é o conjunto de blogs.

O sucesso deste tipo de páginas da internet resultou muito da existência de modelos de páginas pré-definidos e da facilidade de inserção de conteúdos fornecidos por alguns sistemas de publicação. Esses sistemas são de utilização muito simples e dispensam o conhecimento de linguagens de publicação de páginas na internet — como html, por exemplo. Os sistemas mais populares são o Blogger e o WordPress.

Fonte:

http://www.significados.com.br/blog/

Web 2.0 é um termo usado para designar uma segunda geração de comunidades e serviços oferecidos na internet, tendo como conceito a Web e através de aplicativos baseados em redes sociais e tecnologia da informação.
Web 2.0 foi criada em 2004 pela empresa americana O’Reilly Media.

O termo não se refere à atualização nas especificações técnicas, e sim a uma mudança na forma como ela é percebida por usuários e desenvolvedores, ou seja, o ambiente de interação e participação que hoje engloba inúmeras linguagens.

A Web 2.0 aumentou a velocidade e a facilidade de uso de diversos aplicativos, sendo responsáveis por um aumento significativo no conteúdo existente na Internet.

A ideia da Web 2.0 é tornar o ambiente online mais dinâmico e fazer com que os usuários colaborem para a organização de conteúdo.

Dentro desse contexto a Wikipédia, por exemplo, faz parte dessa nova geração, além de diversos serviços online interligados, como os oferecidos pelo Windows Live, que integra ferramentas de busca, e-mail, comunicador instantâneo, programas de segurança e etc.

Fonte:

http://www.significados.com.br/blog/

A Web 3.0 é a terceira geração da Internet. Esta nova geração prevê que os conteúdos online estarão organizados de forma semântica, muito mais personalizados para cada internauta, sites e aplicações inteligentes e publicidade baseada nas pesquisas e nos comportamentos. Esta nova Web também pode ser chamada de “A Web Inteligente”.
O termos Web 3.0, atribuído ao jornalista John Markoff do New York Times, é uma evolução do termo Web 2.0 que foi criado por Tim O’Reilly durante a conferência O’Reilly Media Web em 2004.

A Evolução da Web
Web 1.0: Sites com conteúdos estáticos, produzidos maioritariamente por empresas e instituições, com pouca interatividade entre os internautas. Altavista, Geocities, Yahoo, Cadê, Hotmail, DMOZ eram as grandes estrelas da internet.

Web 2.0: Conteúdos produziro pelo próprios internautas, maior interatividade online através de Blogs e sites como o Youtube, Flick, etc.

Fonte:

http://www.significados.com.br/web-3.0/

WordPress é um aplicativo de sistema de gerenciamento de conteúdo para web, escrito em PHP com banco de dados MySQL, voltado principalmente para a criação de blogs via web. Essa é uma das ferramentas mais famosas na criação de blogs disputando diretamente com o serviço do Google chamado Blogger.

Joomla (marca Joomla!) é uma plataforma de aplicações web que possibilita a criação de sites na internet e o gerenciamento dos conteúdos. Esse tipo de plataforma é também chamada de Content Management System (CMS) ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdos (SGC).

Os sistemas de gerenciamento de conteúdos foram criados para facilitar a construção de sites, de forma rápida e com menor custo. A ideia é simplificar a publicação de conteúdos web, mesmo por quem não seja um profissional da área.

O Joomla se destaca por oferecer grande flexibilidade na produção de sites, design customizado e uma grande oferta de templates (páginas de modelo) para simplificar o processo de criação.

O sistema Joomla foi lançado em 2005 e é utilizado para o desenvolvimento de catálogos de produtos e/ou serviços, lojas virtuais, blogs, jornais, revistas online, portais de conteúdo, entre outros formatos.

O Joomla é um software livre, isso significa que é desenvolvido em código aberto (licença GNU/GPL) e conta com a contribuição de milhares de programadores para melhorar o software.

Em 2011, o Joomla recebeu o prêmio de melhor CMS Open Source.

O nome “joomla” (pronuncia-se djumla) é de origem Árabe e significa “todos juntos”.

Fonte:

http://www.significados.com.br/blog/

E-commerce é a abreviação em inglês de eletronic commerce, que significa “comércio eletrônico” em português.

O e-commerce é um modelo de comércio que utiliza como base plataformas eletrônicas, como computadores, smartphones, tablets e etc. Basicamente, trata-se de todo tipo de comercialização de bens comerciais através de dispositivos eletrônicos.

O e-commerce nasceu com o surgimento da internet, facilitando todo o processo de compra e venda. No início, apenas pequenos produtos e valores eram vendidos via e-commerce (livros, cds, dvds e etc), mas hoje em dia até mesmo os produtos mais caros do mundo são negociados através do comércio eletrônico, como iates, mansões, aviões, obras de arte, entre outros produtos de luxo.

Atualmente é muito fácil vender produtos online. Para isso, basta se cadastrar em uma plataforma de construção de sites, como o WordPress, por exemplo, e escolher uma opção de template que permita a configuração de um comércio eletrônico (e-commerce).

E-commerce e E-business
Muita gente confunde o e-commerce com o e-business, no entanto ambos possuem conceitos diferentes.

O e-commerce é basicamente um comércio eletrônico, ou seja, quando há a venda e compra de produtos através de plataformas eletrônicas e pela internet.

O e-business (eletronic business) é um negócio eletrônico, não está necessariamente relacionado com a venda ou compra de produtos ou serviços, mas sim ao processo de negociação online. No fim da negociação, pode ou não haver uma transação comercial.

Fonte:

http://www.significados.com.br/e-commerce/

SEO é a sigla para “Search Engine Optimization”, que significa “otimização para mecanismos de busca”, ou otimização de sites. SEO é o conjunto de estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados naturais (orgânicos) nos sites de busca.
Existem alguns métodos de SEO, usados por seus praticantes em categorias como os “SEO de White Hat” (Otimização de Sites de Chapéu Branco), que utilizam métodos aprovados pelos sistemas de busca, como a prática de construção de conteúdo relevante e melhoria da qualidade do site, ou “SEO de Black Hat” (Otimização de Sites de Chapéu Preto), que utilizam truques como a camuflagem do conteúdo real da página, e a prática de spam direcionada aos motores de busca.

As técnicas utilizadas no SEO são concebidas para potencializar seus objetivos no website melhorando o número e a posição de seus resultados nas busca orgânica para uma grande variedade de palavras-chave relevantes ao conteúdo do web site. Estratégias de SEO podem melhorar tanto o número de visitações quanto a qualidade dos visitantes, onde qualidade é quando os visitantes concluem a ação esperada pelo proprietário do site, como comprar, assinar, aprender algo.

Os mecanismos de busca indicam diferentes tipos de listagens nas páginas de resultados, incluindo: publicidade paga nas páginas de resultados (SERPs), conteúdo de publicidade paga por clique (pay per click), anúncios, pagamento para inclusões em sistemas de busca e resultados de busca orgânica.

Fonte:

http://www.significados.com.br/seo/

Pop-up é uma janela que abre no navegador da internet quando se acessa uma página na web ou algum link de redirecionamento. Normalmente, esta nova janela apresenta informações de destaque do site ou, na maioria dos casos, publicidades e anúncios.

Os pop-ups são recursos de publicidade dos desenvolvedores dos websites, como tentativa para chamar a ateção dos internautas, mas que acabam por incomodar grande parte dos usuários da internet.

No entanto, atualmente os navegadores de internet mais populares – Firefox, Google Chrome, Internet Explorer, entre outros – possuem mecanismos que ajudam a bloquear os pop-ups, visto que a grande maioria dos conteúdos apresentados fogem ao interesse do usuário. Mas, caso seja preciso, os internautas podem habilitar os pop-up para que sejam executados em sites específicos, por exemplo.

Os chamados pop-up ads são aqueles destinados exclusivamente para a transmissão de anúncios, sendo o ads a abreviatura da palavra inglesa advertising, que significa “publicidade”.

O criador do pop-up foi o norte-americano Ethan Zuckerman, blogueiro e criador do Global Voices Online, uma grande rede online de jornalistas e blogueiros.

No final dos anos 1990, Zuckerman desenvolveu um código para “lançar” anúncios e publicidades em janelas diferentes, como uma alternativa para solucionar as reclamações de banners que apareciam deslocados no layout da página.

Fonte:

http://www.significados.com.br/seo/

WHOIS é um protocolo de internet que serve para consultar informações sobre domínios na web, sejam eles privados ou públicos, assim como endereços de IP e sistemas autônomos.

Entre as informações e dados que podem ser verificados pelo WHOIS está a identificação da empresa que administra o registro do domínio de determinado site, os dados do proprietário do domínio e a DNS para qual o domínio está direcionado.

Ou seja, o WHOIS ajuda a identificar os donos do domínio, assim como os seus dados de contato.

Saiba mais sobre o significado de DNS.

O nome WHOIS se originou a partir da expressão em inglês “who is”, que significa literalmente “quem é”, em português.

Tecnicamente, o WHOIS é considerado um protocolo de controle de transmissão (Transmission Control Protocol – TCP), que costuma apresentar três tipos de contatos sobre uma entidade na internet: o contato administrativo, o contato técnico e o contato das cobranças.

Normalmente, a consulta WHOIS é feita pelos internautas através de sites que oferecem este tipo de procura, bastando, para isso, apenas fornecer o endereço do domínio que se deseja consultar.

No Brasil, quando se pesquisa através do WHOIS um domínio público nacional registrado a partir de um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), as informações que serão apresentadas serão o CNPJ, a Razão Social, o nome, endereço postal e telefone da empresa responsável pelo site.

Caso o domínio tenha sido registrado a partir de um CPF, a pesquisa WHOIS mostrará o nome da pessoa portadora do Cadastro de Pessoa Física que registrou o domínio.

No entanto, algumas empresas internacionais, mediante pagamento, podem fazer com que o seu WHOIS seja privado, mantendo as informações protegidas contra pessoas não-autorizadas em consultá-las.

Fonte:

http://www.significados.com.br/seo/

HTTP é sigla de HyperText Transfer Protocol que em português significa “Protocolo de Transferência de Hipertexto”. É um protocolo de comunicação entre sistemas de informação que permite a transferência de dados entre redes de computadores, principalmente na World Wide Web (Internet).
O HTTP é o protocolo utilizado para transferência de páginas HTML do computador para a Internet. Por isso, os endereços dos websites (URL) utilizam no início a expressão “http://”, definindo o protocolo usado. Esta informação é necessária para estabelecer a comunicação entre a URL e o servidor Web que armazena os dados, enviando então a página HTML solicitada pelo usuário.

Para que a transferência de dados na Internet seja realizada, o protocolo HTTP necessita estar agregado a outros dois protocolos de rede: TCP (Transmission Control Protocol) e IP (Internet Protocol). Esses dois últimos protocolos formam o modelo TCP/IP, necessário para a conexão entre computadores clientes-servidores.

Fonte:

http://www.significados.com.br/

RSSRSS é um padrão baseado na linguagem XML que informa aos leitores as novidades dos sites do seu interesse. É uma forma simples de blogs e sites de notícias divulgarem informações atualizadas sem que o leitor tenha que entrar no endereço do site/blog para ter acesso a essas informações.

O usuário interessado em obter as atualizações de um determinado site, deve instalar um programa-leitor (também chamado de agregador) específico no computador, ou subscrever o Feed RSS diretamente no site que oferece a opção de Feeds. Feed significa “fonte” ou “alimentador”.

Em geral, os navegadores (browsers) já trazem integrado um leitor de RSS que irá organizar em uma lista todos os Feeds subscritos pelo usuário.

Também existem diversos agregadores disponíveis gratuitamente na Internet, de acordo com o Sistema Operacional do usuário, por exemplo: FeedReader, Pluck, Liferea, Akregator, etc.

Mais simples é a utilização dos leitores RSS on-line, que não trazem muitos recursos, mas são práticos para o usuário pois não exigem a instalação de um software. Alguns exemplos de leitores on-line são: Google Reader, Bloglines, BlogTok, etc.

De acordo com o padrão usado, a abreviatura RSS pode significar Rich Site Summary, RDF Site Summary ou Really Simple Syndication.

Fonte:

http://www.significados.com.br/

Twitter é uma rede social e servidor para microblogging, que permite aos usuários enviar e receber atualizações pessoais de outros contatos, em textos de até 140 caracteres.

Os textos são conhecidos como tweets, e podem ser enviados por meio do website do serviço, por SMS, por aplicativos específicos do Twitter para smartphones, tablets e etc.

Aliás, a palavra inglesa tweet significa “pio de passarinhos”, simbolizando os vários “pios” (pequenas mensagens) que se acumulam na timeline do Twitter. A partir deste conceito, foi desenvolvido também o logótipo da rede social: um pássaro azul, que representa justamente a comunicação por meio de tweets, ou seja, “pios”.

Descubra mais sobre o significado de Tweet.

As atualizações são exibidas no perfil de um usuário em tempo real e também enviadas a outros usuários seguidores que estejam seguindo a pessoa de seu interesse para recebê-las.

Além das micro-mensagens, o Twitter atualmente disponibiliza a opção de também compartilhar imagens e vídeos, através de encurtadores de URL’s.

As atualizações de um perfil ocorrem através do site do Twitter, por RSS, por SMS ou programa especializado para gerenciamento. O serviço é gratuito pela internet, entretanto, usando o recurso de SMS pode ocorrer a cobrança pela operadora telefônica.

O Twitter foi criado em 2006 por Jack Dorsey, e logo ganhou extensa notabilidade e popularidade por todo mundo.

Segundo o grupo de pesquisa norte-americano Web Ecology, a língua portuguesa é a segunda mais utilizada pelo Twitter, apenas atrás do inglês. O Twitter também se tornou muito conhecido pelas celebridades, que utilizam o microblog para se comunicar com os seus fãs.

O Twitter possui várias ferramentas diferentes, que são bastante úteis no cotidiano das pessoas que utilizam esta rede social, como o retweet ou RT, por exemplo, que consiste em replicar uma determinada mensagem de um usuário para a lista de seguidores, dando crédito ao seu autor original.

Fonte:

http://www.significados.com.br/

error: Conteúdo Protegido!
Leia mais:
eft-web
EFT WEB

Empresa EFT WEB, Acupuntura sem agulhas, hipnose cognitiva. Localizada em Brasilia-DF, atende todo Brasil. Visite o site: http://eftweb.com.br/  

Fechar